Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Loira Fio Dental Tocando Siririca Em Publico Dando Para Amigo Carioca De Osasco – Sp

2 min

Categoria:

Tag:

visualizações

2 min

Categoria:

Tag:

Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Loira Fio Dental Tocando Siririca Em Publico Dando Para Amigo Carioca De Osasco – Sp

Vídeo Caseiro Que Caiu Na Net Loira Fio Dental Tocando Siririca Em Publico Dando Para Amigo Carioca De Osasco – Sp

Tudo começou quando eu pegava o transporte público de vitória, todo dia VC ver quase as mesmas pessoas e todo dia pegava o mesmo ônibus uma coroa baixinha usava óculos. Conheci um casal muito legal de cariocas que moravam em Curitiba, ele engenheiro como eu e ela professora. Chamei o caseiro e mandei tirar os cães dali, pois logo chegaria visita, ele levo-os e os amarrou no galpão, para de noite leva-los pra outro lugar.

Marcela, Marlene e Marta, as três adolescentes tão queridas de todos e conhecidas na escola como o “MAR”, estava vivas e quando as ambulâncias que as traziam, chegaram ao hospital, uma enorme multidão se aglomerava, dando vivas e aplaudindo. Há alguns anos quando tinha um colega da mesma idade que eu chamado Nando (o apelido é real), ficávamos juntos sempre que podíamos, um belo dia no apartamento dos pais deles (eu morava no mesmo prédio) que jogávamos vídeo game, e ele me disse se colocássemos um código nossos personagens ficariam sem roupas no jogo e podíamos dar comandos, assim o fizemos e nossos personagens ficaram nus e começamos a jogar.

Falou isso e abaixou a parte da frente do shorts e como eu estava sem cuecas, ele saltou pra fora quase tocando o seu rosto, ele estava duro como uma rocha, e no momento que ela o tirou, aquele cheiro de sexo tomou conta do ar. – “Vem, vamos ensinar de novo para ela como é que se faz…”Abrindo as pernas da loira, Marcos pincelou seu cacete na xoxota dela e penetrou-a, excitando-a, enquanto aproveitava para lubrificar mais seu pau. Olá, vou colocar meu nome como Eduardo, moro em Osasco, tenho 26 anos branco 1.

Naquele momento ela de frente pra parede empinou ainda mais a bunda pra eu sarra-la, foi então que finalmente eu levantei o vestido e pude ver com os próprios olhos aquele rabo gostoso com aquela calcinha fio dental preta toda enfiada, um convite para continuar sarrando, Jane tem uma bunda perfeita, daquelas que da vontade de ficar olhando e acaridando por horas a fio, foi o que eu fiz, aproveitei o máximo que eu pude aquele rabo que chamara a minha atenção uma semana antes na praia, ela estava gemendo de tesão, eu passava minha mão entre suas pernas, na altura virilha, bem próximo a buceta, na mesma posição me ajoelhei no chão, puxei a calcinha pro lado e lambi o cuzinho e a bucetinha dela igual um cachorro, ela gritou e me xingou me filho da puta, finalmente eu estava ali, lambendo aquele cuzinho rosado e apertado exalando aquele cheiro característico de bunda. Começamos o jogo com a Kelly perdendo sua blusa, em seguida eu perdi a minha camiseta, e após cinco rodadas, Kelly já estava fora, completamente nua ao meu lado e me provocando com beijos no pescoço, Thais já mostravas seus fartos seios nus, e estava apenas trajando short e calcinha, que nas duas rodadas seguintes já havia sido tirados, eu fiquei só de cueca, Kelly já no clima, iniciou uma disfarçada siririca enquanto observava Thais de corpo completamente nu.

Depois disso fui pra casa d um amigo.