Vídeo Cai Na Net Safada Virgem Pegando A Safada Sortudo – Porto Alegre

visualizações

75 seg

Categoria:

Tag:

Vídeo Cai Na Net Safada Virgem Pegando A Safada Sortudo – Porto Alegre

Vídeo Cai Na Net Safada Virgem Pegando A Safada Sortudo – Porto Alegre

A primeira vez que o vi com outros olhos senti um fervor subindo entre minhas pernas e a única coisa que passava pela minha cabeça eram aquelas mãos me pegando pelo cabelo e me jogando contra a parede. Seguimos pra casa alegres e satifeitos pelo dia grato, ao chegar estranhei D.

Acredito que ele nunca tinha visto um vídeo gay e aquela era a chance que eu tinha. Meu cuzinho virgem começou a ceder, e, de repente, a cabeça passou pelo anel, fazendo uma espécie de “ploft”, entrando e dilacerando minhas carnes. Sara desceu e eu fiquei esperando, louco de tesão, e com um medo da porra de sermos descobertos pelo meu amigo e o namorado dela, permaneci de pé, com o pau latejando de vontade…quando Sara entra no quarto de novo…-Estamos sozinhos, o Alexandre terminou de lavar o carro e foi ao encontro de André, disse que voltam em 1 hora!Sara nem terminou a frase, pegou no meu pau e começou a me beijar, eu passava a mão naquela bunda gostosa, erguendo o vestidinho dela, estava com uma calcinha bem pequena, estava louco de tesão e estava prestes a comer a namorada e irmã dos meus amigos!!!-Ai Dani, que pau gostoso, ta muito duro, deixa eu te chupar gostoso deixa?! – pediuSara sentou na beira da cama e começou a lamber meu pau, passando a pontinha da lingua na cabecinha, molhando ele, eu ja estava delirando de tesão, implorando para ela colocar ele na boca, mas ela estava curtindo o momento, a safada sabia provocar como ninguem, passava a lingua por todo meu pau, olhando nos meus olhos, até que não aguentou e colocou na boca, e como chupava bem a danada…-Ai que pau gostoso, ficaria aqui o dia todo chupando essa rola grossa!Mas eu queria mais, e não tinhamos muito tempo, arranquei Sara do meu pau, tirei sua calcinha e comecei a chupar aquela bucetinha, que a essa hora ja estava molhada de tesão…-Que delicia, nossaaa como você chupa gostoso!Sara se contorcia, e pedia mais, não aguentou muito tempo e gozou na minha boca, eu estava cego de tanto tesão por ela, Sara gemia baixinho e por muitas vezes abafava os gemidos com o travesseiro que estava na cama.

Ele iniciou a punheta e meu pau estava babando muito,eu estava me colocando no lugar de um dos caras sortudos que comia aquela delícia de mulher e me lembrei do jeito gostoso que Bárbara me chupava,o cara me punhetava rapidamente e acariciava meu saco,isso me deixava a ponto de gozar,então,inclinava meu corpo para traz para que ele parasse,ele me falou para avisar quando fosse gozar,continuava a ver o filme com a mão amiga batendo pra mim,já estava super excitado e o cara batia,batia e batia sem parar,pegou na cabecinha e retirava o líquido abundante que não parava de sair, eu estava louco de tesão,minha respiração ficou acelerada e acho que ele percebeu,eu olhei para baixo  e vi sua mão sobre meu pau,segurava com força moderada e precisão meu mastro que estava com a cabeça inchada e continuei a ver o filme até o momento de uma cena em que todos os homens gozavam na bunda e no rosto da gostosona e,sem avisar,comecei a  gozar com o meu cacetão na mão do cara e achei que meu leitinho iria cair no chão mas ele pegou tudo com a mão e disse:Olha quanta porra você gozou cara!,mostrando sua mão com aqueles filetes brancos da minha porra entre os dedos. Estava de bobeira em casa uma certa tarde de chuva, sem nada para fazer e para completar a luz havia acabado, quando meu amigo o coroa de outros contos, me ligou perguntando se eu estava em casa e se poderia falar com ele na portaria, disse que sim e fui espera-lo, quando ele chegou estava trazendo seu PC para eu dar uma olhada pois estava lento, quando me viu, só de shorte de nylon, aqueles que a cueca é junto, e sem camisa, ele esqueceu o que tinha ido fazer e pediu para eu entrar no carro, dizendo que já estava com tesão só de olhar para mim, entrei no carona e como ele havia estacionado bem em baixo de uma amendoeira onde não dava para ninguém nos ver, eu sentei e fiz de uma forma que ele pudesse ver que estou sem cuecas, o coroa ficou tarado, colocou minha mão por cima de sua calça para sentir a pressão do caralho, falei que devia estar cheio de leite a ponto de explodir, ele então pediu para eu fechar a porta que nós iriamos dar uma volta até o Aeroporto, que ele sabia de um caminho que muita gente não sabe, ele então foi na direção do aeroporto e entro numa rua bem estreita que dava para o matagal, colocou o pau para fota e pediu para eu pegar, então eu apertei, alisei e fui me abaixando dando beijos e lambidas na cabeça do seu caralho, e fui colocando por inteiro na boca só ouvindo seus gemidos!"Para quem ainda não leu meu outro conto “Comi a Mulher do Meu Amigo”, sugiro que leia antes, pois esse é uma continuação. Não queria parar, e pedia para ela rebolar cada vez mais, como Sara era gostosa, queria ver ela cavalgando no meu pau, queria comer ela de ladinho, queria que ela sentasse no meu colo, mas não tinhamos mais tempo, e pedi para ela chupar meu cacete, pois queria gozar na sua boca,ela jogava a bunda cada vez mais forte contra meu pau, me arrancando gemidos, eu não estava mais aguentando, até que a safada se virou, abocanhou meu pau e começou a chupar freneticamente, gemendo com ele na boca, me puxando, querendo engolir cada vez mais meu pau…Antes de gozar, escutei o som alto do carro de seu irmão se aproximando, Sara não deu a minima e continuou chupando e gemendo cada vez mais forte…gozei como um louco, e Sara engoliu tudinho!Limpou a boca com a mão, ajeitou o vestido, pegou a calcinha do chão, apertou meu pau e disse:-Essa foi só a primeira, guarde nosso segredo, na proxima quero você com mais tempo!E correu para o banheiro.