Safada Fudendo Dentro Do Carro

4 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , ,

Safada Fudendo Dentro Do Carro

Safada Fudendo Dentro Do Carro

[FIM]"– Você não vai se importar com isso não é?"Bem , depois que comi a minha cunhada na casa e cama dela , saímos várias vezes e até hoje damos uma de vez em quanto , certa vez eu ia a Nova Friburgo a Trabalho , liguei para ela e perguntei se ela queria ir comigo para fazer companhia e claro ” METER TB ” ,ela nem pensou muito e aceitou , era uma quinta-feira no verão aqui do Rio de Janeiro , peguei ela em casa as 7:00 hs , fomos então para Friburgo , na estrada ela já começou a dar uns beijos em meu pescoço e dizer que queria chupar uma coisa carnuda , com um sorriso safado abriu meu zíper , tive que tirar o cinto de segurança para ela ficar a vontade , estávamos na estrada entre Parada Modelo e Cachoeira de Macacu , ela botou a minha pica para fora e começou a mamar a pica com um movimento bem devagar , eu tive que diminuir a velocidade , quando vi uma estrada de terra que ia parar em uma espécie de lago , parecia deserto o lugar , parei o carro em baixo de uma árvore , e fomos para o banco de trás , ela estava cheia de tezão e eu idem.

– Irmãozinho aproveita q essa mulher é muito gostosa, quero ver você fudendo ela hoje.

No próximo conto eu relato como foi minha segunda experiência com esse mesmo macho e um amigo dele do futebol…"O fato de ela estar tentando me deixava muito louco! Ela fazia aquela carinha de safada, e ao mesmo tempo uma cara de desespero e vontade de fazer.

Quando ela abriu a porta notei que tava tudo escuro, ao acender a luz, ela estava com uma fantasia de enfermeira, a coisa mais deliciosa do mundo, nesse momento esqueci tudo a minha volta e fui logo agarrando ela tirando a minha roupa e acariciando aquele corpo maravilhoso que tava ali todinho só pra mim, sua buceta estava tão molhada que eu quase gozei só de acariciar, quando comecei a penetrar fui com todo o carinho do mundo, mais comecei a ser mais agressivo e percebi que ela gostava mais e mais, coloquei ela de quatro e fui colocando com muita fora e muito prazer e ela gozava e gemia e meu prazer aumentava estava prestes a gozar retirei meu pau e comecei a colocar em seu cuzinho, ela disse que nunca tinha feito, então consegui convence-la , ela então me disse que quando fosse gozar ela queria que fosse na sua boca, o cuzinho dela era tão apertado que depois de algumas estocadas, me veio aquela vontade gigante de gozar, tirei aquele preservativo e coloquei meu pau naquela boca macia e carnuda, depois de um boquete maravilhoso não consegui me segurar e deixei todo aquele leite jorrar dentro da boca dela, ela engoliu como se fosse um manjar, e disse que aquela seria a primeira de muitas.