Safada abre a bundinha pra eu meter

20 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

20 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Safada abre a bundinha pra eu meter

Safada abre a bundinha pra eu meter

-Vou gozar dentro dessa bundinha gostosa…Olá, meu nome é Karla, tenho 35 anos, sou lésbica, e o que vou contar é real e aconteceu há algum tempo, e não consigo tirá-lo da cabeça.

Me vesti e voltei para dentro da casa.

Descemos do carro, entramos na casa e ali na sala ele sentou no sofá e disse: chupa gostoso minha putinha.

EU NUNCA HAVIA ME COMPORTADO DAQUELA FORMA NA CAMA, SEMPRE FUÍ MUITO RECATADA E TÍMIDA, CREIO SER ESTE UM DOS MOTIVOS DO TÉRMINO DE MEU CASAMENTO, MAS ALÍ, NAQUELE MOMENTO, ME SENTÍA UMA FÊMEA !!!ADORAVA ESTAR SENDO SAFADA E PUTA , ME SENTIA DESEJADA E COMO UMA FERA QUE ESTAVA ACUADA POR MUITO TEMPO E AGORA LUTANDO , SENTIA O PRAZER DA LIBERDADE !!GEMIA…DIZIA PALAVRÕES …EU GRITAVA : AIÌÌ …. Raliely começou a menear a glande com sua língua habilidosa. Vou ver a minha vagabundinha meter até gozar, disse excitado. Ele o marido de nome Júlio levantou-se do sofá e caminhou com ela em minha direção, nos apresentamos com aquele tradicional 3 beijinhos quando Júlio pega pela mão e dá uma rodada nela e levanta seu baby doll onde aparece uma minúscula calcinha vermelha.

e ficamos cada um chupando o pau do outro durante algum tempo….

Rapidamente , Simone virou em direção ao meu cacete e abocanhou sorvendo com os lábios as últimas gotas de porra que teimavam em sair. Com uma foto de recordação… Varias vezes usei o presente, mas sem Fábio.

ABRE AS PERNAS QUE EU VOU TE MOSTRAR O QUE É BOM. Estou com você aqui, confesso, porque me senti atraída por você desde o princípio, mas não creio que eu seja a mulher certa para você.

È agora que vou dar o golpe. um abç a todosTerminamos e o normal era sempre eu sair do banheiro, ela fazer o xixi dela tranquilamente, em seguida sair, eu entrar e fazer o meu…porém dessa vez ela fechou a porta antes de eu sair, abaixou o pijaminha e a calcinha juntos e sentou na privada, abriu um pouco as pernas e me olhou.

0 que aconteceu? Você esta chorando? – Nada não, Edgar. Os dois se beijavam, Isa tentou roçar no pau do pai mais uma vez durante o beijo mas sentiu sua buceta latejar de dor.