Putaria Liberada Casada Rabuda Muito Sexo Anal Corno Filmando De Porto Velho

83 seg

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

83 seg

Categoria:

Tag: , ,

Putaria Liberada Casada Rabuda Muito Sexo Anal Corno Filmando De Porto Velho

Putaria Liberada Casada Rabuda Muito Sexo Anal Corno Filmando De Porto Velho

-Acho que vai ter que se aliviar sozinha, olha só como está molhada… – ele sorria, me filmando, entendi o que ele queria… Comecei a me masturbar na frente dos dois, que se masturbavam me vendo faze-lo também… No final, acabei toda molhada e respirando ofegante. O tempo foi passando e ela foi gemendo cada vez mais alto e perguntando para mim se estava do jeito que queria até que ela me chamou de corno manso e eu fiquei bastante excitado com aquilo, cheguei até a me masturbar para a minha própria mulher dando para outro, estava tudo perfeito, do jeito que eu sempre imaginei. a gente sabe que vc vai voltar putinha rabuda, e me comeram quase que diariamente por uns 40 dias…. Chegou perto e ficou olhando como ele fazia, ele viu que ela olhava e não se importou, continuou.

Sou casada há 4 anos, amo muito meu esposo, mas o maior desejo do meu coração é fuder e ser fodida bem gostoso por uma mulher. "Ela é solteira, independente e muito fogosa, estava louca para dar, mas estava sem companhia.

É muita putaria que dizemos um para o outro.

Quase gozei,,, mais não teria tempo pra me recompor, não naquele dia, tirei o pau da boca dela, coloquei de 4, e meti sem dó naquela bucetinha apertadaparecia quase virgem…Camila gemeu com gosto e vontade, sempre se controlando para ninguém nos ouvir e ainda tinha o perigo de a partida logo acabar e Meu primo pegar a gente…isso aumentava ainda mais o tesão!!!Aumentei o ritmo, socava até as bolas baterem,,, estava a ponto de de gozar,,, mais queria mais, queria ela gozando também,, passei a dar uns tapas na bunda,e enfiar um dedo no cuzinho a medida que metia naquela buceta gostosa. ” Ela virou-se, beijou-me e falou suavemente: ” Fica triste por eu não fazer sexo anal com você?” “Não, que é isso, tudo bem.

E claro, com uma das mãos no peru, que já estava bem durinho…– Mas que velho mais safado! Quem diria!Assustado, ele fechou a revista e olhou na direção dela.

Principalmente so morais, pois em nossa cidade a boca maldita não perdoa as pessoas mais liberadas.