Novinha sensacional batendo siririca na cama

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Novinha sensacional batendo siririca na cama

Novinha sensacional batendo siririca na cama

"Passado uma semana, vi a novinha chegando da faculdade ou sei lá o que ela faz da vida e puxei ela pelo braço pra dentro do meu apartamento pra saber que história de encochada era aquela. e comia meu cu com vontade.

A esta altura Kelly tocava uma siririca maravilhosa, e, pegando meu caralho lambuzado, o engoliu dizendo que queria sentir o gosto íntimos de minha comadre.

Rodrigo abriu uma gaveta, tirou algumas camisinhas e um frasco de gel lubrificante de dentro.

Ficamos assim por cerca de 30 minutos até que Danilo acelerou os movimentos na boca do boneco e,com o rosto todo vermelho,chegou ao orgasmo,eu sentei em cima do boneco em posição de quatro com minhas pernas abertas,o segurei pela cintura e,já com meu pau quase explodindo,comecei a urrar e gemer de tesão,enquanto chegava a mais um orgasmo sensacional,fiquei “grudado” no boneco por mais de 2 minutos fazendo movimentos muito rápidos,parecia que estava fora de mim,estava em êxtase. Me inclinei e comecei a chupar aquela rola, meu deus, estava realizando outra vez meu sonho, adoro chupar aquele pau (apesar de ser o unico que ja chupei HAHAH) gabriel abriu sua carteira, sacou uma camisinha e pediu pra que eu colcasse em seu pauDepois de colocar, felipe deitou sobre o chão, e pediu pra que eu sentasse de vagar, fui sentando sentindo tudo entrar novamente, dessa vez mais facil por causa da camisinha, sentei e senti seus pelos batendo na minha bunda, entrou tudo até o talo!! rebolei na sua pica, e queria mais, comecei a sentar e levantar com força, jogava bem meu peso encima de seu pau, ele gemia de prazer, jogou seu peso pra frente, me inclinando, me deixando na posição de 4, começou a bombear forte, empurrava no meu cu como se fosse uma buceta arrombada, eu sentia um prazer enorme, e queria que ele demorasse pra gozar, então essa vez foi um sexo mais real, comecei a sentir que meu primo ficava ofegante de tanto meter, e dava gemidos baixos de prazer.