Novinha levando no cuzinho e a vir se

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Novinha levando no cuzinho e a vir se

Novinha levando no cuzinho e a vir se

"Passado uma semana, vi a novinha chegando da faculdade ou sei lá o que ela faz da vida e puxei ela pelo braço pra dentro do meu apartamento pra saber que história de encochada era aquela. Acho que ela percebeu minha inquietação e começou a explicar sobre a massagem tântrica no pênis, que a esta altura, já estava todo alegre.

Em um certo momento da festa, Cris veio até mim e me perguntou se eu não estava com fome. Ela aceitou, curiosa em conhecer os trabalhos dele.

Ela sentava e rebolava divinamente, fazendo a rola entrar toda, agora ela parou de sentar e ficou parada só pra receber a roladas que o frade o bombou nela ate.

 Depois de uma meia hora chupando a rola e levando pinto de borracha no cú ele anunciou que ia gozar, fodendo minha boca cada vez mais rápido e urrando feito um animal até que senti aquele leite quente escorrendo pra dentro da minha boca. Eu metia furiosamente um dedo na rachinha e depois passei a tintilar meu clitóris com força, juntando as pernas e aumentando meu tesão. Ele veio e me beijou, e depois disso, me empurrou para a cama, onde cai sentada. ela- simsim sim, enfia denovo"Ele foi metendo, metendo bem de vagar, tirando e colocando, cada vez mais, até que eu senti seus pentelhos na minha bunda, o pau já estava todo dentro do meu cuzinho.

Mais uma vez ele se deitou sobre ela roçando a pica no rego dela.

foi uma sessão de tortura, ele enxia tudo e eu esguixava longe, e assim repetiu varias vezes. Disse que poderia receber e perguntei a ele se havia algum desejo a mais. O Carlos sempre agiu com muita naturalidade embora as vezes percebesse as olhadas para o meu pau, e vez ou outra falávamos de mulher e sexo e ate ficava com o pau meia bomba.

Teve um momento que ele segurou a minha cintura e praticamente me encoxou, se aproveitando da confusão de jogadores dentro da área.

Sentia que ele queria que eu fizesse carinho nele, que eu o chupasse, mas confesso, eu não tinha coragem, culpa da minha criação.