Novinha De Simoes Filho

2 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

Novinha De Simoes Filho

Novinha De Simoes Filho

Fomos ao pomar e lá ficamos provando de frutas e falando de todos os assuntos que se passavam em nossa cabeça.

Quando estava sozinho com ela em casa eu a chamei para minha sala, no começo eu fiquei pelado é como sempre fiz ela passar a língua bem botãozinho no meu pau e na minhas bolas, me deixando muito excitado, enquanto ela fazia isso eu ia acariciando ela louquinho para foder aquela buceta gostosa que eu tanto cuidei e limpei tantas vezes, pois é, quando eu já estava morrendo de tesão eu a peguei e fui dando beijinhos nela para agradar até colocar ela empinadinha pra mim no sofá, ela me olhava como se quisesse dizer “finalmente você vai me comer gostoso né papai?” Ela piscava o cuzinho e mexia a bucetinha de um jeito excitante para mim, foi ai que eu a masturbeu e comecei abrir caminho com meus dedos para que depois eu pudesse colocar meu pau bem fundo, ela me olhava de um jeitinho lindo e era perceptivo que ela estava amando aquilo é estava extremamente excitada também assim como eu, bom eu fui colocando meu pau de vagarinho nela até conseguir meter tudo, eu segurava o quadril dela pra que pudesse terminar de colocar foi tão gostoso a primeira entrada pq ela estava quentinha e sim já estava molhadinha quase gozando, eu comecei fazer os movimentos de vai e vem metendo bem gostoso e cada vez mais fundo e com força, estava um tesão louco comer minha Dálmata de 4 e meu Pinto deslizava lisinho na buceta dela como se eu tivesse passado lubrificante, mas não, o único lubrificante era o gozo dela, bom eu continuei metendo até que resolvi fazer Éka deitar de ladinho comigo, bom a palavra “fazer” é um pouco forte pq eu fui virando e ela foi virando junto como se quisesse que eu a comece de ladinho, foi ai que eu comecei a caríciar de novo sem parar de meter, fui dando beijinhos nela e a deixando bem relaxada, estava muito gostoso e eu já tinha perdido a noção do tempo mas nada mais importava pq o prazer estava demais, eu comecei a colocar e tirar meu Pinto de dentro da buceta dela até que eu resolvi comer também o cu dela, eu fui metendo e metendo e metendo com tanta vontade que estava a ponto de gozar já, mas como meu fetiche ainda não tinha acabado e minha vontade era poder gozar dentro dela, eu já estava quente, suando e delirando de prazer, eu continuei com o ato até não aguentar mais e gozar bem gostoso naquele cuzinho maravilhoso, após isso eu fui tirando meu pau de vagar e pode ver aquela goza maravilhosa no vizinho dela, eu sorri e olhei pra ela fazendo carrinhos e ela me olhava como se quisesse me agradecer, logo após ela passou a língua novamente no meu pau e só depois fui lamber a própria buceta e seu cu (típico de cachorro mesmo). Ele pôs a cabeça bem na entrada e de uma só vez, enterrou tudo dentro de mim …Sério… achei que ele fosse me rasgar ao meio….

Quando chego no carro, conto pro meu marido e fica louco coloca o pau pra fora e manda eu ir chupando enquanto dirigia… Que delícia!!!Mande seus comentários pro meu e-mail pimentinha. Mas ele sempre estava acomoanhado do sei filho bebê e da sua esposa.

"_Quero que você sente aí e vamos conversar_Sobre o trabalho?_Senta aí logo!""Naquele dia, Elisa estava meio que de baixo astral, sem nem saber o motivo.

Ela usava uma calcinha azul escuro, um lingerie.

Entre um abraço e outro, olhou pra mim e fez com a boca: “Pra você” e abriu um sorriso imenso.

Marcos ainda ficou masturbando-se um pouco, gozando o resto do seu tesão sobre a boceta da loira. Você irá adorar a voz dessa novinha contando este conto no seu ouvido.

Colocamos as malas no quarto e fomos direto para a praia pegar um solzinho na praia particular. Então combinamos dela, discretamente puxar um papo com ele pra depois conversarmos na volta do passeio.