Mais um amigo comendo meu rabinho

35 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

visualizações

35 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Mais um amigo comendo meu rabinho

Mais um amigo comendo meu rabinho

Depois de longos minutos e várias chibatadas, ela o fez se virar, deitando-o de costas na cama.

Eu não sei porque,mas sinto tesão de imaginar a cena de nõs 3 e de ver ele comendo outra na minha frente com meu consentimento, sozinho nem pensar!!!Depois volto pra contar se rolou ou não! Kisses, for yours. Cheguei a deitar ao seu lado. – Mesmo? Mas que coisa interessante, hein?Ela riu.

Ao chegar onde ele estava, riu.

E o medo de sua reação ?Ao amanhecer, preparei-me para ir ao trabalho, bolando uma maneira de vigiá-la e tentar descobrir alguma coisa.

Era a melhor coisa que já tinha me acontecido.

Mas só o cuzinho…"O episódio é o seguinte: Estávamos em Búzios para o réveillon e nos encontramos com um casal de amigos paulistas que nos convidaram para a passar a virada do ano na casa deles.

Melhor ainda, por que a timidez de uma primeira vez é melhor explorada no silêncio. Elas: Biquini ( cima e baixo ) e camiseta. O cacete duro do marcos penetrava o cuzinho da loira longamente, e pouco a pouco ele foi aprofundando-o mais dentro dela, até sentir seu corpo bater na bunda dela. -Aham, comeu meu cu a seco pai, imagina, olha o tempão que fazia que eu não dava o rabinho… – Isa provocava, alisava o pau dele por cima da cueca, estava dolorida, mas nunca ficava enjoada de provocar seus homens.

continue… ate que ela foi gozando e eu nao resistir e gozei junto com ela…dai ela me falou como crente eu nao sabia que vc transanva tao bem assim e eu falei … agente transar tambem. "Decididos a buscar cada vez mais prazer e conhecer o novo, entramos no delicioso mundo da sacanagem e desde então fantasiamos muitas coisas gostosas durante o nosso sexo q se transformou em fodas cada vez mais cheias de tesão e putaria.

Até que ela disse que se insistirmos naquilo ela iria embora.

E com dizeres de que jamais havia sentido o que sentiu aquela noite, mas que tinha medo do que poderia acontecer e que então seria cautelosa.