Loira Linda Mamando Rola Grossa

Loira Linda Mamando Rola Grossa

Loira Linda Mamando Rola Grossa

rn-Leila…sá pra vc saber…sua putinha safada…pode ter certeza que vou te enrabar…nem que qualquer dia eu tenha que te amarrar…é sá dar umas cervejas e vc fica mais taradinha…e vc vai gostar da minha pica grossa nesse rabo maravilhoso…não se preocupe…isso vai acontecer. Acabou que a massagem erótica terminou em um sexo selvagem com minha própria tia. Loira, uns 1,70 m mais ou menos 65 kg, bunduda e com uns peitoes maravilhosos e ainda por cima super cheirosa. Mas ele disse que tinha que ser devagar, que ela não sabia de nada e que tínhamos que deixar ela bêbada.

Mas emburrada!!Já estava muito alterada para dizer algo como isso.

Carol sentiu que ele estava atrás dela, se levantou e se virou para o rapaz.

Vamos descer tomar uma cerveja e oque acha de nos encontrarmos semana que vêm?Assim que voltei a mim respondi que sim.

Movimentei meu pau em seu cuzinho melado e gozei gostoso, sentindo meu pau pulsar ela disse que queria estar sem nada pra sentir meu leitinho quente inundando seu rabinho. Como eu anotei o telefone na minha agenda eu sempre dava uma ligadinha pra ela mas ela é muito simpática e nunca me dava muita moral, até que um dia eu liguei pra ela e ela estava muito triste porque tinha descoberto uns pulos do marido com uma conhecida dela. Olhamos uns ao outro e comecei a chupar o pau dele com força. Chupei aquele linda bucetinha até ela gozar em minha boca. O gosto era horrível mas no calor da coisa eu acabei lambendo tudo. Ele foi socando no meu cuzinho cada vez mais rápido me chamando de vagabunda e sua putinha até que gozou deixando minha bunda branca de tanta porra.

Moacir se aproximou de mim e falou:–Chupa,porra…eu vi pela fechadura vc mamando o Jobson…Peguei naquele pau pesado e chupei,chupei as bolas e estavam todos perto de mim,se beijando,se chupando…. Ela que tava muito bêbada nem sei se sacou qual era o problema que ele se referia.