Grava um vídeo pornô caseiro novinha super boqueteira mostra bunda gostosa taradão da zona sul de são paulo

32 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

32 seg

Categoria:

Tag: ,

Grava um vídeo pornô caseiro novinha super boqueteira mostra bunda gostosa taradão da zona sul de são paulo

Grava um vídeo pornô caseiro novinha super boqueteira mostra bunda gostosa taradão da zona sul de são paulo

Um dia minha prima chamou eu e minha namorada ,a gente foi ver , o filme , a gente chegou la e como eu e minha namorada somos muitos intimos da minha prima , a gente chegou la e minha prima dava com um vestido curto muito curto , e um short que parecia calcinha , na mesma hora fiquei de pau duro e corri para o banheiro para que elas nao percebessem , esperei um pouco e voltei pra sala , chegando la minha prima conversando com minha namorada e tudo normal , ate que ela colocou o filme , o filme foi muito bom tinha muitas cenas eroticas acho que isso pode ter contribuido , no fim o filme acabou era de madrugada , minha namorada dormiu no sofa e minha prima tinha ido ao banheiro , eu fiquei na sala esperando , quando minha prima voltou , vou mexer no computador para desligar , e estava sem cadeira , ela agachou como se tivesse sentando , e eu vi aquela parte da bunda dela , meu deus meu pau despencou , eu coloquei travesseiro em cima do meu pau , e ela virou , ficou do meu lado e a gente começou a conversar , ate que não aguentei , eu tampei a boca dela , e botei a mão na buceta dela , e ela nao resistiu como se quisesse o mesmo , ai começou tudo a gente se beijando no sofa , ela pegando no meu pau , eu pegando naqueles peitos macios , ate que fui mais alem , tirei aquele short dela , e meu deus o paraiso , buceta rosa fechadinha pronta pra ser arrombada , eu falei : vc vai gritar e vai acordar ela , entao ela disse : que tal a gente amarrar ela e fazer assistir? , eu topei na hora , pegamos ela , amarramos sem roupa , minha namorada tinha bct meio preta nao era tao bonita igual da minha prima, começamos a nos pegar na frente dela , e ela n parecia estar triste , parecia estar gostando , entao comecei a comer minha prima , ela gritava sem parar pedindo mais , meu paus parecia estar no gelo , deslizava muito de tao molhada que ela tava eu batia na bunda dela enfiava com força , e pra finalizar comi o cu dela , sem ela deixar e gozei dentro ela ficou louca , e quando terminamos eu tinha acabado com ela , ela tava acabada no sofa , deitada , quando eu olhei pro lado vi minha namorada toda molhada na cadeira , amando ter visto aquilo , eu não resisti , fiz ela chupar meu pau gozado e com gostinho da minha prima, dps peguei ela amarrada botei de quatro e acabei com ela , a buceta dela ficou toda aberta , e o cu sem pregas nenhuma , realizei meu sonho de comer minha prima , e depois disso minha namorada terminou comigo , eu descobri o depois por que , minha prima disse que minha namorada ia na casa dela pedir por sexo lesbico , minha prima gravava tudo e me enviava , enquanto minha prima dava aquele corpo todo so pra mim.

Nós moravamos no joão paulo em São luís do Ma, onde ainda moro,só mudei de bairro algumas vezes. Chegando em minha casa aquele sofá ocupando todo o canto da sala, praticamente uma cama, tv enorme, climatizada, aromatizada, praticamente uma suite de motel porém de graça, todos os tipos de bebidas, fui ao banheiro quando voltei pornô bombando na sky, sexo bem leve e tal, ela foi ao banheiro, levou sua mochila, voltou e falou que tava cm fome, imediatamente fiz um pedido era umas 2h da manha, 1h pra chegar a pedida, retornou ao banho, e eu já louco de pau duro vendo aquele porno, quando ela voltou, estava cm uma camisola branca juntamente com uma cinta liga e calcinha branca, atorando aquele rabo gostoso,cheirosa, começamos a se pegar, se atiçar, e o segredo do meu sexo é a tesao que deixo elas antes de botar pra dentro, nessa pegaçao ela começou a me chupar, coloquei a calcinha dela pro lado e chupei todo seu cuzinho que ficava piscando pedindo meu pau quente duro grande e grosso dentro dela, em um certo momento ela parou olhou para a tv e disse nossa, no que olhei uma gostosa de quatro numa dp perfeita, liberando para dois,  dois caras sarados e ticudos metendo bem gostoso, diz ela, nossa deve ser mto bom, pedi se já tinha experimentado, falou que não mas queria, deitei no sofá, ela veio por cima, se empinou toda e olhou para o espelho e disse, adoraria ter um pau me pgando por traz agora além do seu, fiquei imaginando a cena aquele rabo delicioso, toda cheirosa gemendo de tesão cm dois pau bem duro e quente dentro dela, coloquei a cabecinha dentro da sua bucetinha, ela toda molhada, me acariciando de quatro pra porta fa sala, tirei e botei no cuzinho so a pontinha, nisso toca a campainha, e lembramos da entrega, ela se assutou, falei calma, ela sorriu, fiquei onde estava, disse ta aberta, o entregador abriu e quando se deu de cara cm aquele rabo virado para seu lado parou, congelou olhei pra ela e estava congelada, dei 3 a 4 botada, peguei as suas maos e coloquei sobre seu rabo e arregassei bem para que o entregador visse e enlouquecece, deu uma gemida perfeita, olhou para o cara e tava la congelado, como o cara n tinha nenhum atrativo na sua beleza, devia ter uns 35 anos, porte normal,mas bem magro 1,75 de altura,  ela nao falou nada, mas tava bem excitada, continuamos e ele ali, quieto, só olhando, derrepente aquele volume em suas calças quando olha olha pra baixo, e do nada ele tira o pau pra fora, um caralho enorme, grosso e comprido, no minimo uns 23cm, ela viu aquilo e ficou loucaaa, se empinou mais, e fez sinal para cara chegar mais perto, eu por baixo metendo e com dois dedos no seu cuzinho, ja pra deixar pronto, ela abriu a boca, e ele largou aquela tora de rola na sua boca, imediatamente ela o guiou ate sua bunda e disse coloca esse pau no meu cu, que esse rabo quer essa pica, arrebitei sua bunda ele veio e enterrou aqueles 23 centimetros e pouco com jeitinho, e ela louca de tesão gemeu, meu pau rasgado por baixo e o dele por cima, peguei o cel e tirei uma foto, lindo de se ver, bem arrebitada e dois caralhos bem enterrados, no movimento de vai e vem ela queria que gozacemos juntos, e foi o que aconteceu, quando fomos gozar entarramos tudo para dentro, sensação foi maravilhosa de todas as partes,vendo aquele rabo sendo penetrada daquela forma, através do espelho foi naravilhoso, ela  ficou pingando leite assim q saimos da posiçao, o cara ficou louco, nunca tinha pego uma gostosa dessas, a tesão dele era tanta que continuava com aquele monstro duro, fui ao banheiro, tomei uma ducha, voltei e estavao na sala se pegando, ela colocou ele sentando, chegou por cima e botou a rola na bucetinha, e começou mais um round, a bucetinha toda arregassada, pegação total, e eu tranquilo bebendo meu red.

Entrei e fui direto para o banho, quando sai de pijama ele perguntou porque estava vestido, a casa era só de macho e que lá homem não poderia estar arrumado, me virei e arriei o pijama mostrando para ele minha bunda branca, onde recebi um taba gostoso e um apertão, quando me levantei, ele me abraçou por trás e pude sentir seu pau latejando nas minhas nádegas, abri um pouco a perna e deixei ele crescer por entre minhas coxas, que sensação deliciosa, ele apertava meus peitos e beijava minha nuca, estava com a barba para fazer e ficava arrastando ela nas minhas costas, deixando-me todo arrepiado, eu empinava a bunda para sentir seus pentelhos no reguinho, ele colocou a mão na minha bunda e arregaçou, fazendo seu pau passear pelo meu rego e parava com sua cabeçona na entrada do meu cú, perguntei se ele gostava de dar linguadas no rabo e sua resposta foi um NÃO bem alto, ficou um bom tempo roçando seu volume no meu rego e depois pediu para eu chupar seu pau, pois queria gozar pois não estava aguentando, perguntei se ele queria gozar na boca ou no meu rabo? Ele perguntou se eu aguentaria sua pica no rabo, falei que tínhamos a noite toda para tentar, ele ficou mais ainda tesudo, iniciei uma mamada bem devagar e fui lambendo seu mastro, com muito carinho, ele se sentou e eu chupava, chupava, lambia suas bolas e depois tentava sentar no seu mastro, ele foi ficando cada lambida mais tremulo e dizendo que iria gozar, dei uma parada e fiquei olhando para seu pau pulsar e suas veias estufarem, coloquei uma camisinha e fui sentar no seu colo, tentei relaxar para sua pica entrar mas era em vão, fiquei de quatro com o cú virado para ele e pedi para ele tentar meter assim, ele falou que esta era a posição mais gotosa que ele achava e que sua patroa não gostava de dar pra ele assim, ele segurou minha bunda e foi tentando meter no meu rabo, relaxei e deixei ele invadir meu cú do modo que ele ia conduzindo, foi uma dor que eu suportei por amor aquela pica, antes de entrar tudo ele já estava me apertando dizendo que meu cú era apertaaaaaaado de mais e seu pau cresceu e largou um volume grande de porra, não entrou nem um terço daquele pedaço de musculo e o coroa já havia enchido a camisinha de leite, era tanto leite que escorreu pelas minhas pernas. Peguei no pau e comecei a punhetar ele pegou o meu e me punhetou e eu gozei antes de novo, só que desta vez ele não conseguia gozar eu estava adorando fazer aquilo mais meu braço começou a cansar e pedi para descansar um pouco e ele gemendo de tesão disse que o pau doía muito e que eu deixasse ele passar a cabeça na minha bunda, eu fiquei aturdido sem saber o que dizer mais ele implorou dizendo que doía muito e vendo que ele estava dizendo a verdade cedi, abaixei minha bermuda e ele veio por trás e começou a passou o pau na minha bunda e quando senti a cabeça encostar no meu rego me arrepiei todo, ele ficou ali batendo e passando o pau no meu rego e foi ficando mais e mais excitado e forçou a parte do meu corpo superior para baixo me fazendo empinar a bunda e fiquei quase de quatro e senti a cabeça do pau roçar no meu cu, e estremeci da cabeça aos pés ele forçou mais e empinei mais ainda e senti ele lambuzar todo meu cu com a cabeça do pau, aquilo me arrepiava muito e senti algo quente e melado no meu cu, Nando estava gozando jatos e jatos de esperma, depois fomos tomar um banho e ele agradeceu e perguntou se eu tinha gostado e eu disse que sim, estávamos nos esfregando e começamos a sorrir um para o outro. Cheguei por trás dela agarrando sua cintura fazendo meu pau se encaixar na sua bunda farta, ela solta um suspiro e fala:"Primeiramente gostaria de dizer que o que eu vou relatar aqui é real, portanto não vou citar nomes, nem o meu próprio, pois sou um médico já um tanto quanto conhecido aqui na minha cidade. Ainda mais que neste dia eu tirei o dia de folga e dei umas saidinhas a tarde, parecia que todos os homens sentiam que eu estava faceira, foi um dia de louco!"Quando ela aumenta a velocidade depois de uns 10/15 minutos me chupando, anuncio:Fomos para a varanda tomar cervejas, ela fez alguns aperitivos e logo depois nosso caseiro, vamos chamá-lo de Pedro chegou timidamente. Nos limpamos e fomos embora, peguei minha moto e fui pra casa, entrei no banheiro e fui pro banho,antes de entrar no chuveiro eu assisti o video da gozada na minha cara, nunca tinha sentido tanto tesão na minha vida me vendo ali mamando e tomando leitinho, me senti um ator porno, so que 10 a 0 nesses cara dos filmes, gozei muito, foram vários jatos na parede com 4 dedos no cu, depois apaguei o video de medo, mas as fiquei com vontade de fazer mais. Ela era desde cedo uma boqueteira de mão cheia. Até os 18 anos eu ainda era virgem e não tinha namorados, tinha paqueras rápidas com os meninos do condominio que sempre acabavam resultando em cintadas para mim, meu corpo também ainda não era ainda muito desenvolvido, mas dos dezoito aos dezenove anos minhas formas deram um salto de repente, passei de menina magrela para novinha gostosa, foi quando meus maiores problemas começaram com os rapazes loucos para me comer e o papai fazendo guarda feroz!Naquela época notei uma mudança radical em papai, qualquer reclamação ou suspeita da mamãe ele me castigava de um jeito diferente agora.

"Depois de aproveitar-mos bem a manhã de sol, fomos pra casa tomar banho e sair pra almoçar, pois ainda não tinha feito compras, mas nada disso aconteceu, Tavinho entrou no chuveiro de porta aberta, e chamou Gabriel pra tomar banho juntos, os dois estavam de paus duros e eu tambem apreciando aquelas duas figuras gostosas.

"Qual vai ser a sua Caio?-Eu já sei oque fazer…E quanto a você Didi? Vai fazer oque?Eu preferi abrir mão de qualquer coisa, então disse:-Já me contento com qualquer coisa que Caio fizer…-Está com peninha Didi? Depois de tudo que aconteceu? Vai deixar barato?"No conto anterior,relatei a transa que tive com uma garota de programa que conheci em um puteiro e agora venho contar a delícia de foda que tivemos entre eu, Leona e meu amigo Lucas,ele tem 27 anos,é branco,tem 1,80 cm +-,corpo médio forte,cabelos pretos e é taradão por mulher assim como eu.