Francesa tarada transando muito

Francesa tarada transando muito

Francesa tarada transando muito

Ainda tínhamos 9 dias de muita sacanagem pela frente,depois que inseri meu sogro Milton em nossas sacanagens. Deitar no chão para cavalgar não seria possível, então ele continuou bombando até ela gozar. Eu finalmente encontrei ele fora da escola.

Mas enfim vamos ao contoCerto dia na faculdade eu estava sentanda perto de um amigo meu que me atraía muito,ja estavamos no final da Aula.

Eu colocava e tirava só a cabeça, como que para te provocar, beijando seu pescoço enquanto você gemia baixinho em minha orelha. Quando a gente chegou que ele estacionou o carro na garagem eu nem esperei sai do carro, tirei meu short botei o banco dele pra trás e sentei no pau dele ali mesmo, eu sentava, pulava, rebolava no pau dele bem gostoso gemendo no ouvido dele, então ele começou a brincar com o meu cuzinho, passando o dedo em volta e enfiando o dedo bem devagarinho, aquilo estava me deixando com muito tesão até que ele começou a chupar meu peito e eu fui a loucura, comecei a gemer mais alto ahhhhhhhhhhhh, ahhhhhhhhhhhhh e ele começou a falar, vai gostosa goza no meu pau vai delicia, então não aguentei e gozei bem gostoso no pau dele, o carro tava todo embaçado e nós dois todos suados, então a gente entrou e fomos tomar um banho….

Eu disse: “O que você está fazendo?” Ela respondeu, rindo, que não sabia muito bem, mas queria aprender. Apesar de falar razoavelmente a língua francesa, ela se embaralhou quando procurava uma determinada loja.

Eu coloquei o meu celular para gravar o áudio porque meu namorado corninho queria ouvir tudo depois eu eu chegasse em casa! O Paulo começou a me pegar e me beijar, me encostou na parede, depois me virou e pegou na minha bunda e encostou o pau dele na minha bucetinha (fiquei tarada nessa hora). Também me vesti mas dispensei a cueca, assumi a direção. Pode deixar que você vai ter uma bela gosada. A gente estava num motel, transando numa boa e depois que acabamos, ela sentou-se ao meu lado na cama e me contou da visita do primo, Ney, na semana anterior. Chegando na metade do pau que é a parte mais grossa, do meu pelo menos, meio que ficou entalado. Sueli é parceira, me acompanha pra todo lado, inclusive nos alambiques da região. Fiquei babando em pegar naquele pau duro.