Ela Entrou No Meu Ap E Me Disse Eu So Quero Gozar

Ela Entrou No Meu Ap E Me Disse Eu So Quero Gozar

Ela Entrou No Meu Ap E Me Disse Eu So Quero Gozar

Ele é um moreno de estatuta média com cara séria mas educado corpo dividido com calça social indicando aquela parte do seu corpo de forma definida…Papai se levanta abaixa as calças coloca as pernas dela envolta de sua cintura, e começa a enfiar seu grosso membro dentro dela, que passa a gritar desvairadamente, e ele vai aumentado o ritmo, e passo também a esfregar o meu clitóris com uma velocidade também igual, e começo a gemer baixinho, gemido que era abafados pelos gritos loucos de mamãe, mas não sei bem como papai percebe, e me olha e diz a mamãe, “MARTINHA, VOCÊ ACHA QUE DEVEMOS DEIXAR NOSSA FILHA, ESTRAGAR AS UNHAS OU NÃO?”, ela me olha, e diz “MARCOS EU BEM QUE QUERIA VER VOCÊ DENTRO DELA”, e me lança um olhar como se estivesse perguntando, eu nada dizia ou fazia, parei a minha masturbação e ficamos nos olhando, papai tirar seu membro de dentro de mamãe, e senta numa poltrona e diz “AGORA EU QUERO ASSISTIR VOCÊS DUAS”, mamãe me olha, eu queria muito, mas não sabia o que fazer, ela se ajoelha na cama, tira o entredon de cima de mim. depois que parou de xupar disse agora chega, eu com a maior cara de piedade do mundo pedia pra que ela me deixasse xupar sua bocetinha só um pouco, carina dessa vez já não fez tanto doce, baixou a bermuda jeans que usava e em segundos eu estava novamente ajoelhado ao seua pés só que agora minha lingua furava sua bocetinha xeirosa e acariciava seu grelinho gostoso, todo cor de rosa, ela não se conteve e com dois dedos abriu sua bocetinha pra mim expondo aquele grelo rosado e pequeno, maravilhoso, em poucos minutos carina começou a dizer que não estava aguentando e que iria gozar, pra não acabar o clima parei de xupar sua xana e comecei beijando suas coxas roliças e gostosas, que pra mim só perde pras coxas de minha esposa.

… E alisar um objeto de formato fálico, é sinal que a menina está pensando em pica …E pior que estava mesmo, calor era pouco, ela estava com fogo no rabo! Raliely cruzou suas pernas bem apertadas e longe de amenizar só lhe deu mais tesão! E como hoje o universo conspirou a seu favor:– Ah, que se foda! – disse ela pousando a caneca no chão.

O tempo foi passando e dois dias depois lembrei que ela iria voltar e pensei, será que ela conseguiu se soltar? minha secretária ligou avisando que a Ana já estava lá, mandei entrar!Quando ela entrou quase não acreditei! que mudança de uma menina toda coberta a uma menina muito sedutora mesmo que involuntariamente, Ana estava com uma calça de acadêmia preta o que destacava seu quadril e dava pra ver a marca da pequena calcinha e uma camiseta de banda caída no ombro o que dava pra ver o volume do seio.