Dando O Cuzinho Gostoso E Gemendo – BRASILEIRAS NA CAM

Dando O Cuzinho Gostoso E Gemendo – BRASILEIRAS NA CAM

Dando O Cuzinho Gostoso E Gemendo – BRASILEIRAS NA CAM

Bem, a sedução dos americanos pelas brasileiras começa… pela bunda! Então, quando ele se dispunha e me ensinar alguma coisa, eu colocava os menores shortinhos para realçar meu bumbum. Coloquei ela de quatro na cama, e mandei empinar bem aquele rabo gostoso, comecei a colocar na buceta dela, bem devagar , puxando o cabelo e dando tapas na bunda dela, ela gozando e pedindo pra continuar, vi que ela estava toda molinha, mas mesmo assim comecei a colocar com força pra ela sentir tudo dentro,  meu pau estava igual à pedra, ela pediu pra sentar, logo gozou juntamente comigo, ela estava já cansadinha, mas me falou que ia me aproveitar ao máximo pra matar a saudade,  ela sentada em cima, e deitada sobre mim, meu pau continuava muito duro cheio de tesão,  ela ficava com ele dentro só rebolando devagar, estava tão excitada e louca pra gozar novamente,  falei no ouvido dela se ela queria tentar algo diferente, anal, pois nunca ela havia feito,  então virei ela se costas na cama, coloquei as pernas dela no meu ombro,  meu pau estava todo babado, comecei a colocar no cuzinho dela só a cabeça, e mastubando ela, ela foi aos céus, mas pediu pra ficar só brincando com a cabeça  no cuzinho dela porque ela não estava sentindo muita lubrificação,  então fiz, coloquei só a cabeça,  aquilo  me deixou muito excitado ela também logo gozou, mas pediu pra continuar, gemendo muito e pedindo pra eu comer ela e que era pra eu gozar dentro dela, logo gozei,  fiz questão de gozar tudinho dentro dela, e deixar ela toda cheia de porra.

Estavam aguardando uma oportunidade para se encontrarem e ela surgiu quando os pais dele viajaram um fim de semana e ele ficou encarregado de tomar conta da casa. EU CHUPEI BEM GOSTOSO A BUCETA DELA DEPOIS ELA VEIO E FALOU VOU RETRIBUIR E COMEÇOU A CHUPAR MINHA PICA QUE JA ESTAVA MELADA EU SEGURAVA POR TRÁS DA CABEÇA DELA E SOCAVA COM FORÇA QUE FAZIA ANCIA DE VÔMITO EU LEVANTEI ELA VIREI DE COSTAS PARA MIM.

Aí ele pediu que me deitasse de bruços e começou a acariciar a minha bunda, começou a beijá-la e por fim abrindo as minhas nádegas, meteu a língua no meu cuzinho.