Casada dando pro amante e corno filmando

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Casada dando pro amante e corno filmando

Casada dando pro amante e corno filmando

Esse é meu primeiro conto, espero que gostem!!""Então ele veio e começou a me chupar…ahhh…eu adoro isso!E já comecei a gozar, foi intenso…e vou confessar que já havia até esquecido do meu marido ali de pé, fotografando e se masturbando feito louco…mas foi bom, porque me soltei e fui até o fundo no prazer que toda essa situação me proporcionava…e ele agora também estava realizado, sua esposinha fazia dele um verdadeiro corno!"Deitei ao seu lado exausto e estarrecido com a situação; e ela comentou…"– Posso ir contigo? Iria no futebol, mas prefiro um banho de rio nesse calor. Retornando pelas pernas, com paradas estratégicas e carícias nos joelhos, nas coxas, nas virilhas.

E eu só pensando em que aquilo ia dar… quando olhei meu marido eu quase gozei naquele instante, ele estava babando de tanto tesão, filmando a cena e massageando seu pênis completamente ereto.

Não sei se irá se repetir.

"Conheci o Moreno no UOL e saí com ele e sua esposa, mas hoje vou contar como rolou quando fui encontrar com ele que estava sozinho em casa. Sou casada há 4 anos, amo muito meu esposo, mas o maior desejo do meu coração é fuder e ser fodida bem gostoso por uma mulher. "MACHOS NUM CONGRESSO EMPRESARIAL (CHANTAGEM DAS BOAS)…Mais uma continuação de nossas aventuras de machos casados,mas que curte uma boa sacanagem pra relaxar de nossos casamentos e para que nenhum de nós precise ter amantes,pois nossas sacanagens nos completam.

E ele me chupada de verdade, sugando tudo o que eu tinha a oferecer.

Dessa vez desci um pouco mais e enquanto punhetava o pau, chupava as bolas como se fossem sorvete! Ele começou a gemer mais forte e então cai de boca na rola e levei o dedo para o cuzinho dele, mas só circulando a entradinha e dando uma forcadinha na portinha apertada ao mesmo tempo em que o engolia, a ação era simultânea, quando ia até o talo no pau, era o momento de forçar o cú.