Brasileira Amadora Novinha Brasileira Se Exibindo E Masturbando Gostoso Do Negao De Minas Gerais

10 min

Categoria:

Tag: , , , , ,

visualizações

10 min

Categoria:

Tag: , , , , ,

Brasileira Amadora Novinha Brasileira Se Exibindo E Masturbando Gostoso Do Negao De Minas Gerais

Brasileira Amadora Novinha Brasileira Se Exibindo E Masturbando Gostoso Do Negao De Minas Gerais

Morávamos em uma grande capital brasileira, em um apartamento de 50 metros quadrados e para meu desespero minha filha ganhou um poodle macho de presente, cachorro já da trabalho, imaginem dentro de um apartamento. POREM FICAVA DIFICIL J[A QUE ELA GOSTAVA DE MOSTRAR PRINCIPALMENTE OS PEQUENOS SEIOS, POR QUALQUER MOTIVO OU SEM NENHUM SE ABAIXAVA NA MINHA FRENTE E EU VIA AT[E SEU UMBIGO, CERTO DIA EU ME ENCONTRAVA SOZINHO NA CIDADE POIS MINHA MULHER VIAJARA E ELES ME CONVIDARAM PARA FICAR EM SUA CASA, NÁO HOUVE MANEIRA DE ACEITAREM UMA RECUSA E EU TIVE QUE FICAR L[A MINHA MULHER FICARIA 15 DIAS FORA, COMO NO MOMENTO EU NÁO ESTAVA TRABALHANDO O MARIDO SAIA PARA O TRABALHO E EU AINDA FICAVA DORMINDO, DEPOIS PASSAVA O DIA LENDO JORNAL E ASSISTINDO TV E CONVERSANDO COM RAISA ELA SEMPRE SE EXIBINDO, E EU NUNCA FUI NADA DISCRETO, PRINCIPALMENTE QUANDO NOTO QUE NÁO [E POR ACASO, CERTO DIA O VENACIO TELEFONOU DIZENDO QUE NÁO VOLTARIA PARA CASA, POIS TERIA UM SERVI;O EXTRA QUE TERMINARIA MUITO TARDE E FICARIA NO TRABALHO MESMO, COMO NO OUTRO DIA ERA SABADO E ELE NÁO TRABALHAVA VHEGARIA CEDO, FALEI PARA A RAISA QUE IRIA DORMIR EM CASA, POREM ELA ALEGANDO QUE NAÁO FICARIA SOZINHA DE JEITO NENHUM COM MEDO DE ASSALTO MAS UMA VEZ TIVE QUE FICAR, O DIA TRANSCORREU SEM NOVIDADES MAS EU PRESSENTI QUE NÁO TERIA COMO NÁO COMER AQUELA MULHER, A NOITINHA AP[OS O JANTAR EU FALEI PRA ELA QUE IRIA DAR UMA SAIDINHA, E AI EU TIVE CERTEZA DE QUE ELA QUERIA REALMENTE UMA SACANAGEM, NÁO MESMO, LOGO HOJE QUE AQUELE PATIFE INVENTOU ESTE SERVI;O, PENSA QUE NÁO SEI QUE TIPO DE SERVI;O [E, NÁO NASCI ONTEM. Morava sozinho em Brasília,vim de Minas Gerais para o Distrito Federal porque tinha me separado e muito decepcionado vim tentar uma vida nova chegando na capital do país aluguei um apartamento onde morei por 2 anos só, eu com meus 37 anos pensei vou viver na solidão, amo cozinhar e no apartamento de frente morava duas mulheres a mãe e a filha, a filha tinha 19 anos e nos víamos muito pouco é somente nos cumprimentamos até que um dia fui fazer uma pizza, afinal amo cozinhar, deixei assando e desci para comprar refrigerante quando me deparei com a vizinha de 18 anos e ela me disse ta cheirando pizza e parece deliciosa pelo cheiro eu disse que estava fazendo e ela já foi pedindo um pedaço, falei que tudobem e que levaria pra ela quando terminar e resumindo bati na porta dela é entreguei o pedaço ela adorou, depois ficamos amigos e ela me disse que sua mãe era enfermeira e as vezes ficava algumas noite só, uma certa noite ela bate na porta e pergunta se pode entrar eu disse só um momento, como adoro andar de sunga dentro de casa fui colocar bermuda, ela perguntou por causa da demora e expliquei então para minha surpresa ela disse se for sunga pode ficar pq estou acostumada a ver homens assim no clube, eu disse assim melhor então ela insistiu em me ver de sunga até que fui no quarto é retirei a bermuda, percebi seus olhares para minhas coxas grossas e o volume dentro da sunga afinal sou dotado,comemos, rumos, e ela começou a dizer coisas sobre sexo e disse que era evangélica e que nunca tinha ficado com homens, e ficava falando você deve ter muitas mulheres em seu pé, eu disse que trabalhava muito as vezes tinha uma ficante porque eu não era de ferro, ela disse vou lá em casa tomar banho posso ficar aqui vendo filmes até dar sono? Porque minha mãe foi trabalhar hj é n queria ficar sozinha, eu disse que tudo bem, ela foi tomar banho e eu também aproveitei e fui banhar também, quando ela volta vem com uma saia branca tecido mole e curta, eu fiquei meio paralisado meu pau deu um pulo na sunga e ela percebeu é brincou nossa como ele ficouenorme acho que ele me quer, fiquei sem palavras, então sem perca de tempo dei um abraço nela e apertei ele no corpo dela e meu pau pulsava tanto e a beijei loucamente, ela se esfregava em mim, fiquei louco de tesão puxei até meu quarto a joguei na cama, fui beijando seu pescoço tirei sua camisa é saia e vi aquele corpo de ninfeta novinha é nem acreditava, ela olhou nos meus olhos e disse sou toda sua faça o que quiser comigo, arranquei o sutiã é chupei delicadamente seus peitinhos duro, desci beijando seu copo até chegar em sua calcinha é mordi a beirada da calcinha e fui retirando com a boca, quando olhei sua buceta nossa bem carnudinha é com pelinhos desenhado parecia um cavanhaque, subi lambendo suas coxas, e abocanhei sua buceta atirava a língua nela com vontade fiquei chupando até que ela contorceu e gemeu alto, tinha gozado em minha boca, subi beijando seu corpo beijei novamente um beijo apaixonado e mamei novamente seus peitos, a coloquei de quatro e lambida sua buceta coxas e cuzinho, beijava suas costas, enfim dei um beijo de língua, ai tirei minha roupa e quando ela viu meu pau ela ficou paralisada e disse por isso as mulheres te adora, tenho um pau lindo grande cabeça vermelha e grande sem mancha é Carocinhos, sem nenhuma deformidades todo depiladinho ela começou a mamar meio atrapalhada mas fui ensinando até que ela passou a mamar bem gostoso, ele olhava pra mim com aquele olhar de menina inocente e safada é sorria enquanto devorava meu pau, pra minha surpresa ela disse quero que goza em minha boca, como demoro gozar eu disse depois gozo, ai peguei lubrificante e passei em sua bucetinha e fiquei esfregando na entradinha é fui enfiando devagar ela começou chorar baixinho e parei, perguntei se queria que parasse ela falou tá doendo muito mas eu quero muito você, então fui beijando e fazendo movimentos de vai e vem devagar até que sentir rompendo o ímem e fiquei parado dentro dela por um tempo, ela falou em meu ouvido meu bem pode me fuder agora já não dói muito, comecei a meter com vontade e ela gemia muito eu ficava louco, coloquei ela de quatro segurei seus cabelos dava tapas em sua bunda e metia com vontade ela gozou muito depois de fazermos em várias posições, tirei meu pau ela abriu a boca e gozei muito dentro daquela boquinha e pra minha surpresa ela engoliu tudo, fomos tomar banho e ficamos deitados nos beijando e a partir daquele dia uma noite sim é outra não ela sempre vinha dar pra mim, até que após um ano mais ou menos ela arrumou namorado da igreja e se casou.

"Sou um homem acima da media da maioria dos brasileiros, visitando minha vó em uma cidade do interior num dia de muito tédio, resolvi usar como distração meu celular através de aplicativo chamado imo, no qual notei que tinha uma pessoa diferente da minha usualidade, resolvi indagar para ver se conhecia, então para minha supresa era uma ex aluna de um tempos atras quando ainda era professor de ensino medio, bem que na epoca ja era super gamado nela pois alem de ser novinha tinha um corpo pelo qual sempre fui apaixonado, conversamos bastante pelo aplicativo, foi onde surgiu um boa oportunidade para comer aquela gostosa, “se um homem me deixa doida de tesão eu deixo ele fazer o que quiser comigo” quando terminei de ler isso resolvi conversar bem picante, dizendo a ela tudo que eu faria se tivesse ela por uma noite primeiro disse a ela q eu era dotado para nao ter susto, disse que começaria beijando o pescoço dela e apalpando todo o corpo dela encostaria ela na parede puxaria o cabelo dela e a comeria tão forte que ela não se lembraria que era comprometida.

Tenho 36 anos, e o meu gatinho de apenas 19, sou casada mas meu marido esta para o Japão a 03 anos, a trabalho (Sou Brasileira). Gabriel quase não acreditava, estava ganhando um maravilhoso boquete da tia da namorada, olhava o rosto dela ajoelhada a seus pés, viu a mão perdida entre suas pernas, masturbando-a enquanto mamava. Hoje a gente ainda conversa, pretendemos repetir a dose, afinal de contas quando a sintonia na transa é boa, não importa quando nem onde, as duas vão gozar gostoso. Chegando em casa, sentamos na área frontal da casa e ficamos eu, meu tio, minha prima e o marido dela e minha irmã, ficamos tomando, umas cervejas, falando do pessoal que estava para chegar e meu tio começou a contar a histórias de vida dele, suas viagens e contou da última a Minas, falou de tudo um pouco e perguntou se eu já havia tomada cachaça mineira, para não fazer desfeita com o tio, falei que não, que tinha interesse para dar atenção a ele e deixar ele empolgado.

O negão sentou ao seu lado, com o caralho ainda meio duro, oferecendo uma visão deslumbrante das duas picas que tinham acabado comigo.